top of page

Congelamento de óvulos como benefício trabalhista.

Atualizado: 13 de jun. de 2023

Empresas como Mercado Livre, Fleury e Meta já tornaram realidade o congelamento de óvulos para suas colaboradoras, como forma de benefício trabalhista.


Com as mulheres pensando em serem mães cada vez mais tarde, o benefício é uma forma de dar atenção à realidade das mulheres, além de ser um chamariz para a retenção de talentos: sim, a maternidade e a vida profissional podem, e devem, andar juntas.


Dados do IBGE revelam que mulheres que se tornaram mães após os 30 anos passaram de 24% em 2000, para 38% em 2020.


Com procedimentos envolvendo um alto valor financeiro, empresas que colocam o congelamento de óvulos como parte dos benefícios se mostra inclusiva e atenta ao que acontece na vida de suas colaboradoras, tornando possível um planejamento familiar com muito mais segurança e acolhimento.


E na sua empresa, isso é uma realidade próxima ou ainda muito distante?

9 visualizações0 comentário

Comments


icone-whatsapp-contato
bottom of page